A música nos Cultos

A musica nos Cultos

O som é a primeira relação de todos os seres com o mundo, desde o ventre materno. Abre canais de comunicação que facilitam o tratamento. Além de atingir os movimentos mais primitivos, a música atua como elemento ordenador, que organiza a pessoa internamente. Os sons são considerados universalmente essenciais para a vida de todo ser humano e indispensáveis na organização de relações. É o veículo pelo qual as pessoas fazem suas viagens a outros mundos. O toque dos atabaques esta associado as batidas do coração. Mexendo assim com o sistema nervoso deixando os iniciados e simpatizantes em estado de graça ( transe) fazendo com que a mente e os batimentos cardíacos unam se em um só ritmo.ou compasso.
Fazendo com que seu espírito e seu orisá tornem- se apenas um .

Atabaques

atabaques

Os três atabaques que fazem soar o toque durante o ritual também são responsáveis pela convocação dos deuses. O rum funciona como solista, marcando os passos da dança. Os outros dois, o pi e o lé, reforçam a marcação, reproduzindo as modulações da língua africana iorubá. Além dos atabaques, usam-se também o agogô e o xequerê.

Agogô

agogos
Pode ser composto de duas ou três campânulas presas por uma haste de ferro, pertence ao Orixá Ogum, usado no candomblé onde também é chamado de Gã e em outras religiões afro-brasileiras, por isso é o primeiro instrumento que deve ser tocado nas liturgias dos cânticos. Como é um objeto sagrado, antes do seu uso deve passar por rituais litúrgicos de consagração, isso implica banho de folha,ervas, sacrifícios vegetais, animais e minerais para adquirir o (axé) “força vital” no sentido de interferir no transe dos iniciados. No candomblé é tocado com o aguidavi.

Xequerê

xequere
Xequerê em português, Shekere em inglês e Sekere na ortografia Yoruba, é um instrumento musical de percussão da África, consiste de uma cabaça seca cortada em uma das extremidades e envolta por uma rede de contas. Ao longo de todo o continente africano é chamado de diferentes nomes, como o lilolo, axatse (Gana), e chequere. É predominantemente chamado shekere na Nigéria.
O Xequerê é feito de pequenas cabaças que crescem no campo. A forma da cabaça determina o som do instrumento. Um Xequerê é feito por secagem da cabaça, por vários meses, em seguida, a remoção da polpa e sementes. O Xequerê é agitado quando é tocado, tornando o compasso dos sons muito mais bonito trazendo o transe dos médiuns e awos juntamente com o agogô e os atabaques.

Tocadores de Atabaque

tocadores-de-atabaques
:
Runtó (Geralmente um Cargo Masculino dos Candomblés Jeje e Mina)
Alabê (Um tipo de Ogã dos Candomblés seguidores da Nação Ketu, amplo modelo Yoruba)
Xicaringome (Cargo Masculino comum dos terreiros de Candomblé Angola e alguns Angola-Congo)
São, ao todo, mais de dez rítmos diferentes. Cada Casa de Santo tem até 900 cânticos.
Os versos e as frases rítmicas, repetidos incansavelmente, têm o poder de “captar” o mundo sobrenatural.

O Toque do Orixá

ILU
Termo da lingua Yoruba significando “tambor”.
É um ritmo rápido e de cadência marcada atribuído a Oya / Iansã. Conhecido também como Dárò, que significa lamento. É percurtido por aquidavis.
*Aquidavis” – varetas feitas de madeira

BATA
Batá significa tambor para culto de Egum e Xangô Ritmo cadenciado especialmente para Xangô. Pode ser tocado para outros Orixás.
Tocado com as mãos.

AGUERE
Em Yoruba significa “lentidão” .Ritmo cadenciado para Oxossi com andamento mais rápido para Oya/Iansã. Quando executado para esta Iabá é chamado de “quebra-pratos”

IJEXÁ
Ritmo cadenciado tocado somente com as mãos. É dedicado a Oxum quando sua execução é somente instrumental.

ADARRUM
Ritmo invocatório de todos os Orixás. Apressado ,forte e contínuo marcado junto pelo agogô. Pode ser acompanhada de canto especialmente para Ogum.

ALUJÁ
Significa orifício ou perfuração.Toque rápido com características guerreiras.É dedicado a Sangô.

IGBIN
Significa Caracol. Execução lenta com batidas fortes Descreve a viagem de um Ancião.É dedicada a Oxalufã.

OPANIJE
Dedicado a Obaluayie,Onile e Xapanã. Andamento lento marcado por batidas fortes do Run. Significa “mata e come”.

AVAMUNHA / ARREBATE / AVANINHA
Ritmo acelerado e sincopado. Marca início e término das cerimônias. Significa eles se movem.

SATÓ
Sua execução lembra o ritmo Bata com um andamento mais rápido e marcado pelas batidas do Run.. Dedicado a Oxumare ou Nanã. Significa a manifestação de algo sagrado.

ADABI / AGABI / EGO
Bater para nascer é seu significado. Ritmo sincopado dedicado a Esú.